ILHA SOLTEIRA - SP, É QUASE UM PARAISO!!

ILHA  SOLTEIRA - SP,  É QUASE UM PARAISO!!
OS MEUS JARDINS E QUINTAIS EM MINHA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA !! A Minha Amada, deitada eternamente em berço esplêndido; ao som do Rio Paraná e à luz deste céu profundo!! (Crédito da Foto: http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=210844 )

Cidade Gaúcha - Noroeste do Estado do Paraná

Cidade Gaúcha - Noroeste do Estado do Paraná
Meu Lar Cidade!! Aqui sou abençoado em 21 anos de lutas em prol das garantias essenciais de vida ao Povo! (Imagem Google Earth)

OUÇA A RÁDIO DO VAL!! (Se preferir não ouvir clic em Stop)

A LognPlay mantém contratos com o ECAD (Órgão para o repasse dos direitos autorais) e com a ABLF - Associação Brasileira de Licenciamento Fonográfico.

CORAÇÃO CIVIL

PARA ASSISTIR AOS VÍDEOS CLIC EM II (Pause) NO RÁDIO ACIMA.

__________________________________________

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

MEMBROS DA FAMÍLIA !!

UMA NOVA FAMÍLIA ESTÁ SE FORMANDO EM NOSSO LAR !!

A NOSSA JABUTICABEIRA ESTÁ NOS PRESENTEANDO NOVAMENTE COM OS SEUS FRUTOS!! ESTA É A TERCEIRA VEZ QUE ELA ESTÁ PROVENDO OS SEUS FRUTOS. PARECE-ME, QUE DESTA VEZ SERÃO MUITAS AS JABUTICABAS PARA SABOREARMOS; E ENQUANTO SABOREARMOS OS SEUS FRUTOS, TAMBÉM CONVERSAREMOS COM ELA. DA PRIMEIRA VEZ QUE ELA NOS PROVEU OS FRUTOS, FORAM TALVEZ UMAS DEZ JABUTICABAS. NA SEGUNDA VEZ, CREIO QUE FORAM ENTRE UMA A DUAS CENTENAS. IREMOS SEMPRE AGRADECER A DEUS PELOS FRUTOS QUE NOS CONCEDE EM NOSSO JARDIM; NOS JARDINS DE NOSSO LAR.

NO DIA DE ONTEM - QUINTA-FEIRA, 24 DE SETEMBRO; UMA SURPRESA SE FEZ ACONTECER, QUANDO FUI COLHER ALGUMAS JABUTICABAS; ENTÃO A MINHA FILHA CAÇULA - A SARA - ANUNCIOU, ME PERGUNTANDO: "PAI, VOCÊ VIU O NINHO NO PÉ DE JABUTICABAS ?!". ENTÃO, EU DISSE A ELA QUE NÃO VI O NINHO!! A SARA ME DISSE: "É UM NINHO DE POMBINHA". EU RESPONDI A ELA QUE POMBINHA NÃO FAZ NINHOS EM ÁRVORES ASSIM TÃO BAIXINHAS!! FUI CONSTATAR. . . ENTÃO, EU DISSE A ELA: "É UMA ROLINHA. ELA TEM DOIS OVINHOS!!"

AO FINAL DE MAIS UM DIA, EM MINHA ORAÇÃO ANTES DO NOSSO REPOUSO; AGRADECI A DEUS POR MAIS ESTA BENÇÃO - POR ESTA FAMÍLIA - QUE ESTÁ NOS PRESENTEANDO, COM A SUA MORADA TER SIDO ESCOLHIDA EM NOSSO LAR!!

SEJA SEMPRE BEM VINDA IRMÃ ROLINHA E SEUS FILHOTES, AGORA E SEMPRE EM NOSSO LAR!!

LEMBRO-ME, QUE NO DIA EM QUE CHEGUEI A ESTA CIDADE - FOI EM JANEIRO DE 1991 - O PRIMEIRO AMIGO QUE FIZ POR AQUI, FOI UM FILHOTE DE PARDAL; O QUAL, EU ENCONTREI COM A ASA QUEBRADA. POR UNS 15 DIAS CUIDEI DO PEQUENINO ATÉ QUE PUDESSE ALÇAR VÔO. . .

O LAR DA SENHORA ROLINHA, COM OS SEUS DOIS FUTUROS FILHOTES !!

CUIDADOS COM O NINHO E OS OVINHOS.
QUASE IMPERCEPTÍVEL !!

BOA MORADA !!

ROLINHA:

Família: Columbidae Espécie: Columbina talpacoti
Comprimento: 17 cm. Presente em todo o Brasil, e também do México à Bolívia, Paraguai e Argentina. Na Amazônia é encontrada apenas localmente, estando ausente de áreas com extensas florestas. É a mais conhecida das pombinhas brasileiras, sendo comum em áreas abertas, campos, plantações e áreas urbanas. Alimenta-se de grãos e sementes no chão. Vive solitária, aos pares ou em grupos de tamanhos variáveis. Quando assustada, voa por distâncias curtas, executando um som com as asas.
Faz um ninho raso, localizado a 1 m de altura ou mais, em meio a arbustos. Nas cidades, costuma fazer ninho sobre vigas, debaixo de telhas, em coberturas de edifícios ou galpões. Põe 2 ovos brancos. O macho é marrom-ferrugíneo com a cabeça cinza-azulada; a fêmea é inteiramente marrom-clara. Conhecida também como rola-caldo-de-feijão, rolinha-comum, rola-cabocla

Um comentário:

Anônimo disse...

Val, sempre te admirei por sua inteligência. Parabéns pelo seu blog, está com um conteúdo muito legal e bem prazeroso para uma leitura.Continue compartilhando conhecimentos com o mundo...
Grande abraço.
Marcelina