ILHA SOLTEIRA - SP, É QUASE UM PARAISO!!

ILHA  SOLTEIRA - SP,  É QUASE UM PARAISO!!
OS MEUS JARDINS E QUINTAIS EM MINHA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA !! A Minha Amada, deitada eternamente em berço esplêndido; ao som do Rio Paraná e à luz deste céu profundo!! (Crédito da Foto: http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=210844 )

Cidade Gaúcha - Noroeste do Estado do Paraná

Cidade Gaúcha - Noroeste do Estado do Paraná
Meu Lar Cidade!! Aqui sou abençoado em 21 anos de lutas em prol das garantias essenciais de vida ao Povo! (Imagem Google Earth)

OUÇA A RÁDIO DO VAL!! (Se preferir não ouvir clic em Stop)

A LognPlay mantém contratos com o ECAD (Órgão para o repasse dos direitos autorais) e com a ABLF - Associação Brasileira de Licenciamento Fonográfico.

CORAÇÃO CIVIL

PARA ASSISTIR AOS VÍDEOS CLIC EM II (Pause) NO RÁDIO ACIMA.

__________________________________________

sexta-feira, 5 de março de 2010

TERRA NATAL.

PIRAJU - ESTADO DE SÃO PAULO - A CIDADE ONDE EU NASCI !!
Filho de Meu Saudoso Pai – João Minillo e Netto, e de Minha Mãe Ivone de Souza Ramos Minillo, Em 19 de novembro de 1959 Nasci na bela Cidade de Piraju – localizada no sudoeste do Estado de São Paulo, as margens do Rio Paranapanema. Tenho muito orgulho por DEUS ter me concedido a vida nesta Cidade. EU SOU PIRAJUENSE !!
BRASÃO DO MUNICÍPIO DE PIRAJU

BANDEIRA DO MUNICÍPIO DE PIRAJU
PEIXE DOURADO - SIMBOLO DA CIDADE DE PIRAJU - EM DESTAQUE NA ENTRADA DA CIDADE.

Significado do Nome
O atual nome do município, PIRAJU, vem da expressão guarani que significa peixe (pira) dourado (yu).


LAGO DA REPRESA DE PIRAJU

O Município e Estância Turística do Sudoeste do Estado de São Paulo, situado às margens do Rio Paranapanema, Piraju faz parte do Circuito das Águas Limpas. É rico em lagos e cachoeiras, áreas ecológicas, rios limpos com peixes, ilhas, praias de água doce e florestas..

Quem chega à pacata cidade de Piraju, interior do Estado de São Paulo, não imagina a movimentação do lugar no passado. Apesar da estação de ferro de 1906, situada em uma das entradas da cidade, indicar que ali foi um pólo importante no período áureo do café, não dá para perceber que a ocupação daquelas terras aconteceu muito antes da chegada dos imigrantes.

VISTA AÉREA DE PIRAJU - SOBRE A MARGEM DIREITA DO RIO PARANAPANEMA
Nas terras da atual Estância de Piraju viviam pequenas tribos indígenas Cayowás, em pontos próximos ao rio Paranapanema e outros riachos. Provavelmente, foram destes nativos que originou a primeira designação conhecida do local, “Tijuco Preto”, que pela linguagem tupi-guarani significa “caminho de entrada”.

Se pudéssemos fazer como certas culturas indígenas, que quando dançam fazem a terra contar histórias, ouviríamos as diferentes vozes que habitaram a região de Piraju há mais de mil anos. A nossa cultura, porém, prefere recorrer à arqueologia para desvendar os mistérios da pré-história. A bacia do rio Paranapanema, onde se encontra Piraju, começou a ter a sua pré-história estudada há 30 anos.

VISTA AÉREA DE PIRAJU - SOBRE A MARGEM ESQUERDA DO RIO PARANAPANEMA
Diversas pesquisas fazem os historiadores acreditarem que Piraju teve seu início por volta de 1800 (*), pelo fato de existir ali uma estrada que atravessava suas terras e que servia de acesso de viajantes para diversas localidades da região. Como ponto de passagem e graças à fertilidade de suas terras, diversos colonos foram alí se estabelecendo, tomando posse e construindo as primeiras moradias. Os dados mais concretos do início do povoamento da região são registrados somente a partir de 1859, quando da chegada da família Arruda, unindo-se às famílias Faustino e Graciano, que já habitavam a região. Elas doaram terreno para a criação do patrimônio denominado São Sebastião do Tijuco Preto.

VÁRIAS CACHOEIRAS NA ZONA RURAL ENCANTA O MUNICÍPIO COMAS SUAS BELEZAS NATURAIS.
"Tijuco Preto" vem da expressão do Guarani TEYQUÊ-PÊ, que significa caminho de entrada. O nome foi dado em virtude da imagem de São Sebastião, datada do século XVII, encontrada em poder dos índios que habitavam a região e que hoje se encontra na Igreja Matriz.

Em 29 de agosto de 1872 foi instituído canonicamente com a denominação de "São Sebastião do Tijuco Preto", pertencendo então ao município de São João Batista do Rio Verde, hoje Itaporanga, sendo elevada à Freguesia com o mesmo nome, pela Lei n.o 23, de 16 de março de 1871 e a Município pela Lei n.o 111, de 25 de abril de 1880. Em 1891, atendendo ao pedido da Câmara Municipal de Tijuco Preto, o Governo da Província concedeu o nome de PIRAJU ao município, nome esse que vem do Tupi-Guarani, e significa "peixe amarelo", devido a grande quantidade de peixes dourados na região.

A IGREJA DE SÃO SEBASTIÃO - PADROEIRO DA CIDADE DE PIRAJU.
Dentre vários acontecimentos peculiares à história da cidade, destaca-se a lei municipal que libertava completamente os escravos do município cerca de quatro meses antes da Lei Áurea e A 30 de setembro de 1905 foi inaugurada a luz elétrica em Piraju, com a instalação de 100 lâmpadas incandescentes de 25 velas. Essa grande conquista ocorreu um ano e três meses antes do Rio de Janeiro, capital do Brasil na época.

Praça Ataliba Leonel: a praça central da cidade possui 20.000 m2, e árvores centenárias, oriundas de vários continentes.
Em 1905 foram inaugurados na cidade a rede de água encanada, a rede de esgoto e o telefone. Em 1906, começou a operar o ramal ferroviário (inaugurado em 1908) e, em 1913, ocorreu a implantação de bondes elétricos no município. No século passado, a importância da cidade produziu nomes de influência na política paulista. Tal sua influência e destaque político-econômico no cenário estadual e nacional, que os políticos e cafeicultores trouxeram para Piraju várias melhorias de importante valor, como a Estação de Trem, com um projeto assinado pelo arquiteto Ramos de Azevedo, a maior expressão da arquitetura brasileira do início do séc. XX. Em 29 de outubro de 1913, Piraju recebeu a ilustre visita de Theodore Roosevelt. O ex-presidente dos Estados Unidos, veio em visita a seu filho Kermit, engenheiro da construção da ponte de ferro sobre o Rio Paranapanema.

Atualmente, Piraju destaca-se no cenário paulista como importante Estância Turística.

ESTAÇÃO FERROVIÁRIA DE PIRAJU - UM MARCO NO PERÍODO ÁUREO DA CULTURA CAFEEIRA NO BRASIL.

SAIBA UM POUCO MAIS SOBRE A CIDADE DE PIRAJU. ACESSE OS SITES ABAIXO:

http://www.estanciadepiraju.com.br//index.php


http://www.observadorpiraju.com.br/turismo_historia.asp

VÍDEO EM HOMENAGEM A PIRAJU

video

CRÉDITO FONTE:

http://www.youtube.com/user/maizaccc

Um comentário:

Anônimo disse...

Boa Tarde,somos funcionarias do Acervo Municipal de Piraju, fazendo um pesquisa encontre o comentario do senhor e gostariamos que o senhor fosse nosso amigo no Orkut- Acervo Municipal de Piraju.
Temos fotos antigas.
Obrigado pela atenção.
Cris ou Magaly