ILHA SOLTEIRA - SP, É QUASE UM PARAISO!!

ILHA  SOLTEIRA - SP,  É QUASE UM PARAISO!!
OS MEUS JARDINS E QUINTAIS EM MINHA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA !! A Minha Amada, deitada eternamente em berço esplêndido; ao som do Rio Paraná e à luz deste céu profundo!! (Crédito da Foto: http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=210844 )

Cidade Gaúcha - Noroeste do Estado do Paraná

Cidade Gaúcha - Noroeste do Estado do Paraná
Meu Lar Cidade!! Aqui sou abençoado em 21 anos de lutas em prol das garantias essenciais de vida ao Povo! (Imagem Google Earth)

OUÇA A RÁDIO DO VAL!! (Se preferir não ouvir clic em Stop)

A LognPlay mantém contratos com o ECAD (Órgão para o repasse dos direitos autorais) e com a ABLF - Associação Brasileira de Licenciamento Fonográfico.

CORAÇÃO CIVIL

PARA ASSISTIR AOS VÍDEOS CLIC EM II (Pause) NO RÁDIO ACIMA.

__________________________________________

sexta-feira, 2 de julho de 2010

COCO - UM EXCELENTE ALIMENTO!

 VAI UM COCO AÍ? 

É comum a grafia côco, que está, no entanto, errada. As palavras portuguesas paroxítonas (ou graves) terminadas em vogal não carecem de acento, exceto se terminarem em ditongo.

Coco

Coco, côco, coco-da-praia, coco-da-índia ou ainda coco-da-baía é o fruto do coqueiro. É um fruto seco simples classificado como drupa fibrosa (não uma noz). A casca (mesocarpo) é fibrosa e existe um "caroço" interno (o endocarpo lenhoso). Este endocarpo duro tem três poros de germinação que são claramente visíveis na superfície exterior, uma vez que a casca é removida. É através de um destes que a pequena raiz emerge quando o embrião germina.

Seu período de safra vai de janeiro a julho, e, em casos especiais, a setembro.

 
Onde surgiu?

Para alguns estudiosos, os coqueiros começaram a nascer nas costas americanas porque as sementes foram trazidas por correntes marítimas.

Alguns pesquisadores acreditam que o coqueiro seja oriundo da África. Outros o dizem originário dos arquipélagos do Pacífico, onde adquiriu extrema dispersão. Há os que o tem como asiático. Ainda não há um consenso científico sobre o assunto. Mas de onde quer que ele tenha vindo, damos as boas-vindas!

Como chegou ao Brasil?

Para alguns estudiosos, o coqueiro teria alcançado a costa do Pacífico no Panamá vindo da Polinésia por meio das correntes oceânicas, que trouxeram as sementes. No Brasil, as evidências históricas indicam que o coqueiro, variedade gigante, foi introduzido pelos colonizadores portugueses, em 1553. As primeiras matrizes, procedentes da Ilha de Cabo Verde, foram distribuídas pelo litoral baiano, daí a denominação original de Coco-da-Bahia.

O coco na nutrição

O valor nutritivo do coco varia de acordo com seu estado de maturação, apresentando de maneira geral bom teor de sais minerais (potássio, sódio, fósforo e cloro), e fibras, importantes para o estímulo da atividade intestinal. Devido ao seu conteúdo em sais de potássio e sódio, é um alimento adequado contra aterosclerose, para o sistema nervoso, cérebro e pulmões, além de ser um bom alimento para os diabéticos.

A água de coco é muito saborosa. Pode ser empregada como diurético, por ser inofensiva e rica em sais de potássio. É também indicada nos casos de diarréia, vômitos ou mesmo desidratação. Tem grande eficácia nos casos de pressão alta, problemas cardíacos, cãibras, astenia, dores de cabeça e mal-estar. Ajuda também no crescimento infantil e no combate ao colesterol.

Já o coco maduro é contraindicado às pessoas com problemas cardíacos e que tenham alta taxa de colesterol no sangue.

Para verificar se o coco maduro está em boas condições, é suficiente bater com uma moeda na casca. Se ele estiver fresco, o som será estridente. Som oco indica que a fruta está estragada.

O coco realça o sabor dos alimentos, sendo excelente no preparo de bebidas, pratos doces e salgados, substituindo com vantagem nozes e amêndoas nos diferentes tipos de receitas.

Cem gramas de coco maduro fornecem 266 kcal (quilocalorias) e 100 miligramas de água de coco, 22 quilocalorias.


O coco é riquíssimo em duas gorduras – o ácido láurico e o monolauril. Essas gorduras reduzem a gordura corporal devido aos triglicerídios de cadeia média, ou seja, é o caso do ácido láurico e do monolauril, os quais favorecem a oxidação de ácidos graxos utilizando-os como fonte de energia.

O ácido láurico e o monolauril também regulam o funcionamento da tireóide, e aceleram o metabolismo orgânico, o que facilita o emagrecimento.

O ácido láurico e o monolauril desenvolvem funções importantes em nosso organismo, atuando como antivirais, e combatendo fungos e bactérias, e aperfeiçoam o nível da resposta imunológica, aumentam o colesterol bom (HDL) e protegem o coração.

Além de tudo o que já foi dito acima sobre o coco, esta fruta possui outras propriedades:

O coco é rico em proteínas, gorduras, calorias, sais, hidratos de carbono e vitaminas A, B1, B2, B5 e C. Seus efeitos curativos se devem, principalmente, ao seu conteúdo de magnésio. O ser humano necessita dele para conservação da tensão muscular. Sabe-se que a polpa do coco age como adstringente nas hemorróidas.

A água de coco verde é deliciosa, refrescante, nutritiva e terapêutica, além de exótica. Sua composição físico-química é semelhante à do soro fisiológico. São muitos os benefícios da água do coco.

Por exemplo:

hidrata e amacia a pele
reduz o nível de colesterol
combate a verminose infantil
previne e auxilia no tratamento da artrite
controla a pressão arterial
combate a desidratação
repõe imediatamente a energia
evita vômitos e náuseas durante a gravidez
depura o sangue
é calmante natural
reduz a febre
trata de úlcera estomacal
combate a prisão de ventre
previne o enjôo causado pela maresia

CRÉDITO: Forest & Kim Starr

Nenhum comentário: