ILHA SOLTEIRA - SP, É QUASE UM PARAISO!!

ILHA  SOLTEIRA - SP,  É QUASE UM PARAISO!!
OS MEUS JARDINS E QUINTAIS EM MINHA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA !! A Minha Amada, deitada eternamente em berço esplêndido; ao som do Rio Paraná e à luz deste céu profundo!! (Crédito da Foto: http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=210844 )

Cidade Gaúcha - Noroeste do Estado do Paraná

Cidade Gaúcha - Noroeste do Estado do Paraná
Meu Lar Cidade!! Aqui sou abençoado em 21 anos de lutas em prol das garantias essenciais de vida ao Povo! (Imagem Google Earth)

OUÇA A RÁDIO DO VAL!! (Se preferir não ouvir clic em Stop)

A LognPlay mantém contratos com o ECAD (Órgão para o repasse dos direitos autorais) e com a ABLF - Associação Brasileira de Licenciamento Fonográfico.

CORAÇÃO CIVIL

PARA ASSISTIR AOS VÍDEOS CLIC EM II (Pause) NO RÁDIO ACIMA.

__________________________________________

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

DEUS - ÉTICA - NATUREZA


PARA REFLEXÕES !!

Reserva de Tambopata Candamo - Peru. FOTO © Thomas Marent

DEUS – ÉTICA – NATUREZA

DEUS
Princípio supremo superior a natureza, Criador do Universo e sobre o qual exerce controle absoluto.
 
ÉTICA

Deveres do homem para com DEUS e a sociedade. Ciência da moral. Virtude caracterizada pela orientação dos atos pessoais segundo os valores do bem e da decência pública, da decência humana.

NATUREZA

Entre todos os conceitos que se possa ter sobre a natureza (Filha perfeita de Deus), acredito que o mais valoroso, imensurável e perfeito sobre a história da natureza, está em seu princípio; no início de sua vida, durante e após a criação. Todas as perguntas e respostas, todo princípio, meios e fins; a razão de tudo o que existe e do que possa vir a existir faz parte da própria natureza; pois, esta Filha perfeita de Deus, sob o conceito cristão, foi gerada e criada por Deus – como descreve o Livro de Gênesis, na Bíblia Sagrada: “A criação dos Céus e da Terra e tudo o que neles há” – Capítulo 1, versículos 1 a 31; Capítulo 2, versículos 1 a 25.

A natureza é “Todos os seres que constituem o Universo”. Assim, em minhas orações, quando ao iniciar meu diálogo com Deus, pedindo licença para manifestar-me perante Ele; com respeito – o Eu físico, o Meu Espírito e a Minha Alma – dizemos: “Senhor Deus, Pai de toda a natureza, Criador dos Céus e da Terra, Força Maior que rege todo o Universo”. Concluo então comigo mesmo, em meus princípios cristãos, estar em conformidade com a seqüência definida pela Bíblia, sobre o significado sublime e sagrado quanto à natureza: “Todos os seres que constituem o Universo. Força ativa que estabeleceu e conserva a ordem natural de tudo quanto existe.” Então, concluo em mim que Deus e a natureza são um só, pois, a natureza vem de Deus. Portanto, acredito que em toda a essência, toda grandeza, beleza infinita e imensurável, a natureza é Deus, pois, é parte Dele, por Ele criada e regida.


Natureza é um conjunto, no qual engloba desde um microscópico ser vivo, e as partículas subatômicas (as partículas elementares da matéria), até todos os conjuntos de galáxias existentes no Universo; ou seja, em sentido natural de sua essência, envolve todo o ambiente existente que não teve intervenção ou influência antrópica; que, com tão grandeza imensurável, foge a percepção da compreensão humana até para com o próprio sentido da simples palavra. Desde os primórdios de existência da vida, todos os estágios naturais seguiram os processos para chegar aos dias de hoje; de evoluções a evoluções, sucessões a sucessões; a natureza vai se construindo e se transformando ao longo da sua história infinita, nunca tendo que adaptar-se a nada; pois, tudo o que existe e está constituída a natureza, ou que dela dependa (e em especial, em todos os processos de simbioses necessárias e vitais aos seres vivos), é que têm que se adaptarem a ela.

Imaginar que pelos ecossistemas existentes sobre a crosta terrestre (constituída a biosfera), já existiram e existem bilhões de formas, tipos de vidas e seres vivos (em todos os seus biociclos), e desde a formação do Planeta Terra aos dias de hoje; onde várias ciências naturais, que analisam, estudam e tentam decifrar todo este processo de construção vital chamado natureza, entre os variados estágios, citando apenas alguns como: a Era Glacial; a própria evolução humana; as ações do homem em suas conquistas dos oceanos e dos continentes; e recentemente, pouco a pouco, iniciando a sua atual conquista do espaço e do universo; para o qual, o próprio homem começa a deixar o seu rastro de involução, poluindo-o com o lixo e resíduos fabricados aqui na Terra. Imaginar a todo este complexo evolutivo do homem, sem que ele esteja agindo em harmonia com a natureza, e consigo próprio; faz crer que a evolução humana tornou-se involução.

A História da humanidade nos mostra que o homem, como ser incluído na natureza; propriamente, a partir do momento de sua evolução (humana), em detrimento a natureza, começa a explorar os recursos naturais renováveis e não renováveis necessários ao seu bem estar e à sua vida; porém, de forma desenfreada e de consciência nula; assim como, a grande maioria da população humana sequer imagina ou entende o simples significado do termo “desenvolvimento sustentável” pelos erros de educações ministradas ao ser humano (desde a sua infância), em todos os níveis (da instituição familiar, religiosas, ensinos públicos e privados, e os seguimentos e comunidades sociais aos quais os indivíduos estão inseridos). É sentido e constatado, que a cada etapa de exploração de tais recursos, a cada fase em que o homem avança em suas explorações, mais ele degrada e polui os ecossistemas diversos contidos na biota terrestre; em cada região habitada, e por consequência, também nas regiões não habitadas; em uma destruição, na qual, nos últimos cem anos é alarmante. No século XX foram drasticamente alarmantes as ações humanas em destruições de ecossistemas importantes na Terra. Apenas na primeira década deste novo século, no Brasil, estas degradações e destruições atingem em velocidade avassaladora todos os biomas brasileiros, em especial o cerrado e o pantanal; além da flagrante desertificação dos campos sulinos (pampas); bem como, não há como precisar se a Amazônia ainda possui todas as suas 23 eco-regiões, que incluem florestas, campos e outras formações; sem mencionar as degradações por intervenções humanas nos outros importantes biomas em nossa nação. Com todos os tipos de empenhos, lutas, processos educacionais, programas internacionais, legislações, mobilizações, etc. e tal; para buscar alternativas no intento em frear a devastação do homem sobre a natureza, o que parece é que não há mais “a luz no fim do túnel” e o que está tentando se fazer, é claramente amenizar um pouco os impactos causados pelo homem, ou aumentar um pouco mais o seu tempo de vida e permanência na face da Terra. Mas, é perceptível no íntimo de cada ser humano, que há sim, tempo e mudanças necessárias, imprescindíveis, com atitudes éticas naturais de salvarmos o nosso destino; o destino de todos os seres vivos ainda presentes na vida atual, deste momento em nossa história; e em especial preservarmos o mundo para todos os homens, e a todos os seres viventes que virão após nós – TODAS AS NOSSAS POSTERIDADES – homens, e todas as formas de vida que habitam a Terra. Afinal, nós “homens” não somos donos de nada! Estamos de passagem e tomamos emprestados de nossos filhos e netos este planeta, para tornarmos possíveis as nossas vidas...

É necessário e imprescindível termos atitudes, até para conosco mesmo. Saber cuidar, é um valor que, aprendemos por consciência e essência, a necessidade em nos corrigirmos pessoalmente; pois, quando pensamos: o que e como estamos vivendo esta nossa dádiva divina concedida por DEUS – a vida – construída e permitida a cada um de nós; em reflexão, por mais que entendemos estarmos vivendo atitudes ecologicamente e humanamente corretas; encontraremos dentro do nosso íntimo Ser, algumas ações que entenderemos estarmos pecando contra a nossa própria saúde, contra a nossa vida, contra o ecossistema que existe dentro de nosso próprio corpo físico (por consequência adoecendo o espírito e a alma), e contra o ecossistema no qual estamos inseridos, já a partir do próprio nicho familiar (o habitat – o próprio lar); e por conseqüência pecando contra a ética da vida, contra a natureza e contra DEUS.

Atualmente, o desafio maior pela vida, relacionado à expectativa de forma ética da manutenção equilibrada da existência humana; para que esteja contida na construção da natureza em transformação contínua, e em harmonia com o universo; é o esforço dos cientistas ligados as ciências naturais e em especial ambientalistas, e das pessoas lideranças, como dispõe na Bíblia Sagrada “Os Homens de Boa Vontade” em ações de pesquisas, estudos, proposições de correções, recuperação, manutenção e proteção à vida existente no Planeta Terra; e em especial para ensinarem de forma consciente e com a plenitude de essência, aos que virão após nós; para que eles sigam os exemplos de atitudes e repassem esses ensinamentos e valores, aos que talvez, possam vir após eles (e de forma ideal, esta educação deve ser iniciada e professada pelos pais durante a gestação dos próprios filhos no ventre materno!!).

Assim, como inimagináveis formas de vidas já estiveram presentes nesta “velha esfera – a nossa boa Terra” e foram extintas as suas existências; também a existência humana poderá, talvez, em breve espaço de tempo, ser extinta; e milhares de outras espécies de vidas animais e vegetais deixarão de existir por nossa culpa. O nosso planeta já passou por diversas transformações e passará por outras; e irá se harmonizar em sua natureza divina (onde DEUS seu Criador age continuamente); entretanto, a raça humana, devido a sua fome voraz em tragar a Terra, violando a própria Lei Natural de trogo-auto-egocrático (tudo traga e tudo é tragado – a mútua alimentação recíproca dos organismos). Eticamente falando, não há compreensão de como entender o homem querendo explorar, desvendar e conhecer os segredos e a natureza do universo, se ele nem bem conhece direito o seu próprio quintal! Não há como imaginar um dia, os animais observando os homens tentando sobreviverem aqui na Terra.

É PRECISO E URGENTE APRENDERMOS, E ENSINARMOS EM ESPECIAL A TODOS. SOMOS TODOS PARTE DESTA OBRA DE DEUS. É NOSSO DEVER SABER CUIDAR COM DESVELO PELA OBRA DA CRIAÇÃO.
 
Val Minillo. 27 de janeiro de 2010.

 
"Não quero ver um dia se manifestando.
pela paz no mundo - os animais.
Como eu reagiria a este louco dia,
Eles manifetando-se pela vida
E nós apenas sobrevivendo, sobrevivendo..."

VICTOR HEREDIA
 

ALGUNS ELEMENTOS PARTES INTEGRANTES DA NATUREZA:

O NOSSO SOL - ESTRELA DE QUINTA GRANDEZA
FOTO REGISTRADA PELA APOLO 17 A NOSSA CASA - O NOSSO LAR!! NATUREZA ABUNDANTE QUE O HOMEM ESTÁ DESTRUINDO
CRÉDITOS - WIKIMEDIA FOUNDATION
MACHU PICHU, A CIDADE PERDIDA - A EXTINTA CIVILIZAÇÃO DOS INCAS.
PAISAGEM NATURAL EM MONTANHAS GELADAS - AO FUNDO A NOSSA LUA !!

Amanita muscaria - possui propriedades psicoativas e alucinógenas, cujo componente ativo é o ácido ibotênico. A Amanita era utilizada há cerca de 1.700 a 1.100 anos AC em bebida sagrada dos Vedas,
BEIJA-FLOR. QUANTA DIVERSIDADE!!
Família Trochilidae e respectivos 108 gêneros, onde se classificam as 322 espécies conhecidas de beija-flor. A alimentação dos beija-flores é baseada em néctar (cerca de 90%). As espécies menores podem bater as asas 70 a 80 vezes por segundo.

TARTARUGAS GIGANTES DAS ILHAS GALÁPAGOS.

EXEMPLO DE HARMONIA ENTRE MÃE E PROLE !!

EXEMPLO DE SIMBIOSE DE COMENSALISMO.

OUTRO EXEMPLO DE HARMONIA EM SIMBIOSE DE COMENSALISMO.

TODA RELAÇÃO DE AUXÍLIO É SEMPRE POSSÍVEL NAS FORMAS DE PRESERVAÇÃO DA VIDA, DESDE QUE NÃO INTERFIRA NA FORMA NATURAL DA CADEIA ALIMENTAR !!

CRÉDITO FONTE: http://blog.cancaonova.com/fotosquefalam/

O AMOR A CRIAÇÃO NATURAL DE DEUS É EXERCÍCIO DE FRATERNIDADE !!

Onça-pintada (Panthera onca). O felídeo mais lindo do Continente americano - Simbolo da Fauna brasileira. Ameaçado de extinção.


A MORTE DOS NOSSOS MANANCIAIS HÍDRICOS.

PRECISAMOS RECICLARMOS E REUTILIZARMOS OS NOSSOS .RESÍDUOS

VISÃO EM ÓRBITA MENOR - O LIXO DEIXADO NO ESPAÇO PELOS AVANÇOS NAS "CONQUISTAS" PELO HOMEM...

VISÃO EM ÓRBITA MAIOR - O LIXO DEIXADO NO ESPAÇO PELOS AVANÇOS NAS "CONQUISTAS" PELO HOMEM...

Nenhum comentário: