ILHA SOLTEIRA - SP, É QUASE UM PARAISO!!

ILHA  SOLTEIRA - SP,  É QUASE UM PARAISO!!
OS MEUS JARDINS E QUINTAIS EM MINHA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA !! A Minha Amada, deitada eternamente em berço esplêndido; ao som do Rio Paraná e à luz deste céu profundo!! (Crédito da Foto: http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=210844 )

Cidade Gaúcha - Noroeste do Estado do Paraná

Cidade Gaúcha - Noroeste do Estado do Paraná
Meu Lar Cidade!! Aqui sou abençoado em 21 anos de lutas em prol das garantias essenciais de vida ao Povo! (Imagem Google Earth)

OUÇA A RÁDIO DO VAL!! (Se preferir não ouvir clic em Stop)

A LognPlay mantém contratos com o ECAD (Órgão para o repasse dos direitos autorais) e com a ABLF - Associação Brasileira de Licenciamento Fonográfico.

CORAÇÃO CIVIL

PARA ASSISTIR AOS VÍDEOS CLIC EM II (Pause) NO RÁDIO ACIMA.

__________________________________________

terça-feira, 20 de março de 2012

A farra das diárias ( 2ª ) - NOVOS ENCAMINHAMENTOS.



Pois é !!!

A fome é voraz !!

Sobre a farra das diárias:

Encarregados pela fiscalização da correta destinação do dinheiro público, os técnicos do Tribunal de Contas do Estado do Paraná consideram a situação grave, a ponto de sugerirem investigações por parte da polícia e do Ministério Público.


Leia o artigo abaixo, cuja íntegra foi publicado no Portal Gazeta do Povo, e acesse o link ao final do artigo para direcionar-se ao Portal.


A farra das diárias.
A farra com o dinheiro público, la­­­­men­­­tavelmente, é uma prática que se institucionalizou no Brasil, ocorrendo em todos os níveis de poder. Grandes ou pequenos espertalhões, todos querem é levar vantagem aproveitando-se do cargo exercido ou são cooptados por aqueles que conhecem os meandros das negociatas para entrar no esquema e garantir o seu quinhão. Na imprensa, denúncias de casos de corrupção ganharam praticamente lugar cativo no noticiário, num evidente sinal de que as instituições públicas do país necessitam com urgência serem passadas a limpo, resgatando a ética e a transparência. Apesar de o foco maior em cima das malfeitorias estar nos governos federal e estaduais, no âmbito municipal elas também ocorrem, ainda que com menos visibilidade, mormente quando se trata das cidades menores.

O mau uso das diárias de viagens por parte de câmaras municipais paranaenses, conforme mostrou reportagem desta Gazeta ( ... ), é um exemplo desse tipo de desmando. Existindo para efeito de custeio de hospedagem e alimentação, essas diárias acabam se constituindo num grande sumidouro de verbas oficiais, servindo até mesmo para reforço nos vencimentos de vereadores e funcionários administrativos. Encarregados pela fiscalização da correta destinação do dinheiro público, os técnicos do Tribunal de Contas do Estado consideram a situação grave, a ponto de sugerirem investigações por parte da polícia e do Ministério Público.

Pelos dados do próprio TC, nos primeiros oito meses do ano passado, as despesas das 399 câmaras com o pagamento de diárias chegaram a R$ 12,5 milhões. Chama a atenção no levantamento o fato de que 24 desses legislativos – de pequeno e médio porte – gastaram juntos R$ 3,5 milhões com despesas de viagens, o que dá uma média de R$ 145 mil por casa legislativa. Em igual período, a Câmara de Curitiba, que é a maior do Paraná, gastou R$ 52 mil, o que mostra a disparidade dos gastos feitos.

As manobras e conluios para tornar possível o acesso a esses recursos sem provocar suspeitas também ocorrem com a participação de elementos externos ao poder municipal. Isso foi o que a Gazeta revelou ontem, com a segunda parte da reportagem. São empresas privadas, boa parte de fachada, que oferecem um sem-número de cursos e seminários voltados para os servidores municipais. Sem falar nos custos cobrados, esses cursos – muitos de natureza e finalidade duvidosas – normalmente são realizados em locais outros que não a sede da câmara em questão, tornando-se então justificativa para o desembolso de diárias e outras despesas.

Essa farra é mais um entre tantos outros golpes perpetrados contra o patrimônio público brasileiro. Para combater essa prática danosa não basta apenas que ocorra o controle por parte dos órgãos de fiscalização e que as irregularidades cheguem às páginas dos jornais. No esforço para sanear as instituições, também é fundamental a vigilância que o cidadão deve exercer, até mesmo em seu próprio interesse. Afinal de contas, o desvio desses recursos, através do pagamento indevido de diárias ou outro expediente ilícito, se reflete em menos verbas para obras e a manutenção dos serviços públicos à disposição da comunidade. Cobrar dos homens públicos postura e compromissos éticos é questão fundamental como exercício de cidadania e caminho para a desejada depuração dos organismos públicos.

FONTE:
http://www.gazetadopovo.com.br/opiniao/conteudo.phtml?id=1216062


PARA REFLETIR:

O Legis­­lativo de Curitiba, que tem o maior número de vereadores no estado (38), gastou R$ 52.000,00 para custear viagens oficiais.


Veja no quadro abaixo os dados informados pelo Tribunal de Contas Paraná, quais as câmaras de vereadores que mais gastaram no Estado.

 
Fonte:


2012 é um ano eleitoral !!!

Alerta Paraná. Fiquem de olho !!


Nenhum comentário: