ILHA SOLTEIRA - SP, É QUASE UM PARAISO!!

ILHA  SOLTEIRA - SP,  É QUASE UM PARAISO!!
OS MEUS JARDINS E QUINTAIS EM MINHA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA !! A Minha Amada, deitada eternamente em berço esplêndido; ao som do Rio Paraná e à luz deste céu profundo!! (Crédito da Foto: http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=210844 )

Cidade Gaúcha - Noroeste do Estado do Paraná

Cidade Gaúcha - Noroeste do Estado do Paraná
Meu Lar Cidade!! Aqui sou abençoado em 21 anos de lutas em prol das garantias essenciais de vida ao Povo! (Imagem Google Earth)

OUÇA A RÁDIO DO VAL!! (Se preferir não ouvir clic em Stop)

A LognPlay mantém contratos com o ECAD (Órgão para o repasse dos direitos autorais) e com a ABLF - Associação Brasileira de Licenciamento Fonográfico.

CORAÇÃO CIVIL

PARA ASSISTIR AOS VÍDEOS CLIC EM II (Pause) NO RÁDIO ACIMA.

__________________________________________

quarta-feira, 21 de março de 2012

A baba do Ali Babá

Assisti ao noticiário ontem na TV, que o Congresso Federal parece que irá formar uma CPI mista entre o Senado e a Câmara para investigar as falcatruas nas licitações.

Será que isso vinga? Será que dá certo?!

Pô Meu!! Se der certo, tomara que esses caras iniciem com a mira das investigações viradas aqui para o Paraná!!

Relembrando o grande guru da boa Música Popular Brasileira, Zé Geraldo,

Foto parte integrante do CD Catadô de Bromélias

Essa é "Pácabá de cumpletá"

( Uma sátira aos políticos corruptos )

Baba do Ali Babá(Zé Geraldo/Tavares Dia)

Ouvi dizer que este é um país de ladrões
Que Ali Babá se babava de inveja de nós
Quem é que já viu tantos ladrões alegremente roubando
Outros tantos ladrões
Ouvi dizer que aqui se rouba beijo, rouba cena, rouba grana
Ah! se eu pegasse o sacana
Que roubou a gatinha miau
Virou tira gosto a bichana
Na economia informal
Não é que seja destino, carma ou predestinação
Se a lei valesse pra todos, do palácio ao barracão
Depressa engrenava o time
Metade largava o crime
Ninguém quer sofrer mais não
A turma do Robin Hood cultivava o romantismo
Roubando um pouco do rico socorria o desvalido
Hoje impera outra atitude de puro pragmatismo
Matando o pobre de fome, de tiro, de desabrigo
Ou de tanto pelejar
É festa pro ladrão rico
Que sem ver seu próprio mico
Vai pela vida a cantar
Farinha pouca meu pirão primeiro
Ninguém tasca meu jabá
Otário foi Robin Hood
O nosso hobby é roubar


Nenhum comentário: